top of page
  • Foto do escritorRoseli

ENTÃO É NATAL!


O que a gente pode desejar no Natal? Que as pessoas estejam se preparando para uma festividade que, aliás, costuma ser esquecida, um nascimento. Chegar a este mundo é sempre uma acolhida de prazer. Que possamos receber os nativos com todas as suas diferenças, que possamos evitar excessos discriminativos de raça, de gênero, de classe, de condições mentais. Que não sejam utopias, que a gente possa fazer para todos e todas um mundo melhor.

Cultura em Foco mostra para vocês que é possível viver o Natal também grandes festas. Enfim, você pode estar isolado por COVID, sim, o vírus não morreu. Você pode estar triste com a perda de alguém querido. Você simplesmente não quer comemorar.

Durante todo o ano mostramos várias leituras a vocês. Procure uma delas, faça reflexões sobre um livro, sobre uma pintura, sobre uma obra de arte. Isso também é um nascimento.

Gosto muito do poeta Drummond. Reflita sobre ele e passe o Natal com a certeza de que tudo foi feito como deveria. Nem mais, nem menos. FELIZ NATAL!


Natal.

O sino longe toca fino, Não tem neves, não tem gelos. Natal. Já nasceu o deus menino. As beatas foram ver, encontraram o coitadinho ( Natal) mais o boi mais o burrinho e lá em cima a estrelinha alumiando. Natal.

As beatas ajoelharam e adoraram o deus nuzinho mas as filhas das beatas e os namorados das filhas, mas as filhas das beatas foram dançar black-bottom nos clubes sem presépio.

Carlos Drummond de Andrade, Alguma Poesia.


Assista a live no YouTube do Instituo Legus

1 visualização0 comentário
bottom of page