top of page
  • Foto do escritorRoseli

FELICIDADE QUE DEVERIA SER


Carine Laser é uma jovem escritora, a obra é seu primeiro livro de poesias. No entanto, trabalha a linguagem poética na inquietude dos pensares filosóficos de que partem seus estudos e seus trabalhos na área da educação. É mãe, educadora, ainda estudante do doutorado em filosofia, e na busca de sua formação em psicanálise.

Os poemas da obra são sintéticos e contemporâneos e revelam a simplicidade que se descortina na felicidade, ou aquilo que deveria ser a felicidade.

Silêncios, espelhos, liberdade, desejo são temas incorporados aos versos que ensejam os revezes em que vivemos, incluída a pandemia que nos assolou. Como se vê na seleção, possível enlevar-se com poemas filosóficos ou com a filosofia poética da autora.

Que venham outros trabalhos!

Confira a live no canal do youtube do Instituto Legus e/ou aqui no site.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page