• Roseli

Lençóis Maranhenses: um Brasil de águas e poesia


Um deles é o poeta Gonçalves Dias que imortalizou em terras brasileiras o ideal do Romantismo e o ufanismo nacional. Uma terra de palmeiras onde canta o sabiá pode parecer tão somente um verso, mas quando se está nos espaços que antecedem a chegada aos Lençóis Maranhenses é possível de fato ver muitas palmeiras e ainda o canto de vários pássaros. A natureza contempla mesmo aquelas águas como um canto, um solfejo de imensidão. Do centro, hoje histórico, de São Luís em que a praça, ainda ativa dos poetas, continua apresentando o melhor do sarau poético da região que imortalizou Gonçalves Dias, Sousândrade e Ferreira Gullar, entre outros, seguir para o encontro de Barreirinhas, Caburé, Mandacaru, Atins e Santo Amaro é percorrer esse poético encontro. Um encontro entre a natureza de lagoas cristalinas, dunas de brancura e poesia do Brasil tão pouco conhecido pelos brasileiros.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo