• Roseli

O CÉU DA MEIA NOITE




George Cloney dirige e atua como protagonista no filme candidato ao Oscar de 2021 e elaborado antes do início da pandemia COVID 19, está disponível na Netflix. O cientista está isolado em lugar inóspito e deixa clara a intenção dos habitantes que abandonaram o planeta Terra, a fuga da destruição, a busca de um outro planeta para a reconstrução de suas vidas.

A luta do personagem é uma longa travessia para chegar a uma base e poder se comunicar com uma nave que pretende o retorno à Terra. Nessa caminhada, ele encontra Íris, enigmática criança que nos remete à origem do também mito grego, Íris- a mensageira dos deuses. O como, o porquê e as significações dessa menina só se revelam ao final do filme. De qualquer maneira, Íris é responsável pelo percurso, é aquela que de fato faz o cientista seguir e conseguir seu intento: evitar que a nave que tenta retornar de uma missão em Júpiter desista de vir à Terra. É um canto de cor, a cor de Íris ocular, que transforma aquele céu de inverno glacial em ternura, em amor.

19 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo