top of page
  • Foto do escritorRoseli

Senta que lá vem história


26 de julho é considerado o Dia dos Avós. Essa data tem origem em preceitos religiosos católicos porque se referem à comemoração dos santos, Ana e Joaquim, considerados pais de Maria e por consequência avós de Jesus Cristo. A data praticamente encerra a semana, no Brasil, das férias escolares e, muitas vezes, é nesse período que crianças ficam com seus avós para que os pais continuem a lida no trabalho, exceto se a família pode viajar ou enviar os rebentos à colônia de férias. E nada melhor do que estar com essas figuras hoje também tão raras até porque elas também trabalham. De qualquer forma, a imagem de avós contando histórias é maravilhosa. São narrativas de vida, temas familiares, da criancice dos pais que também foram crianças. Em tempos de games, essas narrativas são históricas. Também podem ser aquelas da ficção, do terror, por exemplo, que só avós sabem como contá-las. O escritor português, Saramago, lembra-nos de uma infância em que histórias ouvidas por seus avós foram encantadoras nessa linguagem oral. Essas falas também encantam idosos que remontam ao tempo enquanto narram. São emoções de mão dupla. Um alívio à saúde mental de todos nós.

2 visualizações0 comentário
bottom of page