top of page
  • Foto do escritorRoseli

Tudo sobre o amor


A obra de bell hooks, Tudo sobre o amor-novas perspectivas, foi publicada pela Editora Elefante em 2021. Como propõe o título, a autora americana, que já escreveu muitas obras sobre questões de raça, gênero e classe, educação, crítica cultural, poesia, livros infantis, traça de fato perspectivas sobre um tema que já gerou inúmeras leituras. O prefácio desse livro escrito pela doutora em história social pela PUCSP, Silvane Silva, mostra uma leitura profunda sobre o trabalho de bell hooks em cada capítulo em que é traçado o amor. Das questões espirituais às abordadas pelo romance. Trata-se de um panorama amplo em que o tema do amor é atravessado com delicadeza e, muitas vezes, dureza pela autora. Assim é viver o amor a partir de uma ética amorosa (um dos capítulos da obra) que propõe liberdade e o bem-viver. A autora aponta que o amor é aquele que se vive em comunidades como a família e que é muito comum que tenhamos a sensação de desamor no seio familiar. Esse desafeto pode levar-nos a buscar o amor em outras e diversas comunidades constituídas – ou não – pela família. É interessante o fato de bell hooks citar vários casos de pessoas que se sentiram amadas não exatamente por pais e irmãos, mas por alguém do núcleo familiar: um avô, um tio. Significa que, muitas vezes, mesmo em famílias destroçadas, alguém exerce em nós esse papel agregador. Esse papel pode vir, inclusive, da amplitude do núcleo da casa, envolve a escola, a igreja, qualquer outro lugar em que uma criança ou um jovem se sinta amado. E, evidente, o capítulo em que hooks escreve sobre o romance recebe o nome de ‘romance: o doce amor’. Aquele momento em que amar ‘é mais forte do que a morte’. E, enfim, o capítulo que fecha o livro fala do amor de redenção, o amor que cura. Muito amor envolvido.

Acompanhe a live no YouTube do Instituto Legus - https://www.youtube.com/c/INSTITUTOLEGUS/videos

 

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page