top of page
Keyboard and Mouse

Blogue da Roseli

Buscar
  • Foto do escritorRoseli


Uma das grandes vantagens do SESI é a agenda cultural, os sábados literários e o teatro. São atividades gratuitas que garantem participação com ingressos livres adquiridos no site. A entidade também é grandiosa na oferta relacionada à educação e aos esportes. Promovem muitos eventos como a natação, por exemplo, em vários campeonatos.

As escolas do SESI mantêm qualidade de ensino, algumas series em período integral, e com material educativo próprio e de excelência. O serviço ainda tem faculdades em algumas áreas como as Ciências Humanas.

 

No teatro, o SESI na FIESP da avenida Paulista em São Paulo promove espetáculos de grande qualidade. Das apresentações, ressaltamos o espetáculo O vazio na mala com direção de Kiko Marques. A peça apresentou a questão dos imigrantes judeus. Voz de avó, com direção de Sara Antunes mostrou um dilema contemporâneo sobre Alzheimer que acomete idosos.

Procure um SESI em sua cidade. CONFIRA!

Veja a live no YouTube do Instituo Legus https://www.youtube.com/c/INSTITUTOLEGUS/videos

 

0 visualização0 comentário
  • Foto do escritorRoseli

O Serviço Social apresentado pelo SESC é dinâmico e oferece aos associados com credenciais uma série de programas culturais: o Sesc mantém uma variada programação em todo o país. São cursos, apresentações culturais, colônias de férias, atividades esportivas, serviços de saúde, excursões, entre outros. Para fazer parte desse universo, basta solicitar a credencial Sesc, seu passaporte de acesso a todos os serviços da instituição.

O diferencial é que muitas das atividades culturais podem ser adquiridas por quem não tem credencial. O preço é um pouco mais caro, mas não há impedimento para a participação.

Em particular, o SESC tem em várias de suas unidades espaços para apresentações de teatro de qualidade ímpar. Apenas para citar algumas peças apresentadas no primeiro semestre de 2024: Tio Vânia, de Anton Tchekhov, apresentação pelo grupo TAPA no Sesc Santana SP; O primeiro Hamlet, de Shakespeare, com direção de Gabriel Vilela, no Sesc Vila Mariana SP; Depois do ensaio, Nora, Persona, lê Ibsen e Bergman, na direção de José Fernando Peixoto de Azevedo, no Sesc Paulista... entre outros.

Fica a dica. Confira em sua cidade os trabalhos promovidos pelo SESC.

Veja a live no YouTube do Instituo Legushttps://www.youtube.com/c/INSTITUTOLEGUS/videos

0 visualização0 comentário
  • Foto do escritorRoseli


Um filme como A sala dos professores nos faz pensar no sistema educacional em que nos encontramos. Nunca foi muito fácil ser educador, falar sobre a educação.

Muitas preocupações ocupam nossa mente em relação à educação no Brasil. Espanta a alguns que pareça ser apenas uma questão nacional.

O filme alemão é de 2023 e estreou por aqui em 2024 nas plataformas e redes. Tem direção de Ilker Çatak. O foco está sobre uma professora que ministra matemática e esportes para uma turma de jovens.

Roubos começam a acontecer na escola e as suspeitas recaem sobre a mãe de um dos alunos. Ele é muito inteligente, a mãe trabalha na secretaria da escola. A professora deixa seu celular gravando na sala dos professores e alguém é gravado apanhando a carteira de dentro de um casaco. A imagem mostra a roupa do suspeito. Essa roupa coincide com a da mãe do estudante.

O que fazer? Fingir que nada aconteceu? A professora idealista leva a questão à diretora que reúne o conselho e a trama que se vê é desconcertante. Por quê? Outras questões se levantam. Havia suspeita sobre outro aluno porque ele levava sempre muito dinheiro à escola. Os pais são chamados e explicam o porquê darem somas grandes ao filho.

Em reunião pedagógica a questão toma proporções diferentes. O aluno acusado era árabe, o preconceito assoma. A mãe acusada sai da escola enquanto o processo acontece e o filho passa a afrontar a sala de aula contando com o apoio dos demais estudantes.

A questão ética surge acima de toda a narrativa em um conflito que causa suspense e apreensão ao espectador. Tudo mostra o estado em que acaba se encontrando a professora que acaba acusada de usar imagens não permitidas.  A questão que fica, evidentemente, é: a professora deveria ter deixado tudo para lá? Confira.

Veja a live no YouTube do Instituo Legus https://www.youtube.com/c/INSTITUTOLEGUS/videos

0 visualização0 comentário
bottom of page