top of page

FELIZ ANO NOVO


Tradicionalmente, a passagem de 31 de dezembro a 1 de janeiro indica que um novo ano começou. Há uma forte ideia de que ao término de um ano começaríamos novos momentos esperançosos, deixando para trás vicissitudes do velho ano.

Busca-se a leveza, talvez por isso usemos roupas brancas como ícones de paz. Talvez roupas amarelas por nos remeterem à busca de melhores condições financeiras. Amores, amizades, felicidades.

Se você perdeu pessoas queridas, emprego, amigos, o novo ano parece chegar para resolver tudo. São muitas as promessas que serão diluídas nos próximos tantos dias que virão. É possível dar uma forcinha aos pedidos com atitudes mágicas. Você vai pular as tantas ondinhas? Cuidado, o mar não está para peixes e muito menos para nós. Um tráfego insano para chegar à praia pode deixar você no meio do caminho. Você acabará literalmente no ano novo com cara de poucos humores.

Mas por onde quer que você vá ou chegue ou esteja é inevitável que uma onda de alegria tome conta desse seu momento. É apenas um dia para outro, certo, mas a energia sustenta seu apelo de dias melhores. São inúmeras mensagens de positividade. Quem não quer ouvir boas novas? Mesmo o mais mal-humorado deixa de lado um nariz ranzinza para tentar um sorriso. Morno, aberto. Tentativas de mudanças.

Se você estiver entre a gente, será mais fácil sorrir e se deixar levar. Se estiver sozinho no seu canto, tomara haja algo por perto para contagiar seu humor. Mas você pode ser simplesmente a pessoa que vai trabalhar no dia primeiro. Nesse caso, vai mesmo dormir antes da chegada do novo ano a zero hora. Seu dia será longo no trabalho em hospitais, no trânsito, no cárcere. Sim, nem tudo são flores. Acordar e se ver exatamente no mesmo lugar em que estava no dia anterior. Mas há uma coisa que fará você sorrir: você está vivo, está do lado de cá. Respire fundo, olhe para qualquer um em qualquer lugar e diga de peito inflado com voz extrema e aberta:

Feliz Ano Novo!

Acompanhe a Live no YouTube do instituto Legus.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page