• Roseli

Metaverso


A princípio trata-se de um universo virtual em que pessoas interagem por meio de avatares digitais. Envolve a realidade virtual, realidade aumentada, até criptomoedas. Experiências como as já vistas em ‘Second Life’ são revistas pelo metaverso. De qualquer maneira, as reuniões vividas por muitas pessoas no planeta durante os anos de 2020 e 2021 durante a pandemia COVID19 já, praticamente, nos prepararam para essa nova/ velha realidade.

Em 1992, Neal Stephenson firmou o termo metaverso em seu romance Snow Crash publicado no Brasil com o título Nevasca. Quase três décadas depois, a palavra virou moda depois que a Meta/Facebook anunciou um investimento pesado para criar o seu próprio mundo virtual povoado por avatares de seus usuários

Grandes redes como o Facebook, por exemplo, já começaram os preparativos para serem locais de metaverso. O nome da rede, aliás, já nos aparece como ‘meta’. Com certeza, o mundo dessa indústria atingirá grandes somas com esse universo.

O fato é que o metaverso saiu das páginas da ficção científica e está agora em nosso chamado mundo real, envolvendo o trabalho, os estudos, as pesquisas e, claro, os relacionamentos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo